Professores da UFRN aprovam paralisação para o próximo dia 14

Os professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) vão realizar paralisação das atividades no próximo dia 14 de junho. A decisão aconteceu em plebiscito encerrado nesta quarta-feira, 5, através de sistema eletrônico. Foram 507 (78,8%) votos a favor e 136 (21,2%) contra a suspensão das atividades.

Com a aprovação, os docentes da universidade vão aderir ao movimento nacional de “Greve Geral” agendada para o dia 14 de junho. A ação foi organizada por entidades sindicais. A data marca um período de mobilizações e protestos contra os recentes contingenciamentos dos recursos para a instituição de ensino.

“A nossa responsabilidade neste momento não é pequena. Depende do nosso poder de mobilização a construção de um amplo movimento de resistência”, avalia Wellington Duarte, presidente da Associação dos Docentes da UFRN (Adurn).

O dirigente falou da representatividade e da legitimidade do processo de consulta, que permitiu o posicionamento de um número expressivo dos docentes. “O resultado do plebiscito é, antes de tudo, a consolidação de uma forma democrática de consultar os professores e de reforçar o papel das assembleias na medida em que ela inicia o debate, cabendo à Direção do Sindicato dialogar com toda a categoria”, afirmou.

05/06/2019 Fonte: Agora RN