Decisões que obrigavam Estado a pagar salários de servidores são suspensas

As decisões proferidas por juízes de primeira instância no final da semana passada, que deliberavam pela obrigatoriedade do Estado do Rio Grande do Norte de pagar os salários e gratificações natalinas dos servidores da Polícia Civil, Saúde e dos escrivães, foram suspensas no plantão judiciário deste domingo, 6.

O desembargador plantonista Gilson Albuquerque foi o responsável pelas suspensões. Ele acatou a argumentação do Governo, que alegou que o cumprimento das decisões acarretaria em “grave prejuízo à ordem pública e econômica”, gerando insuficiência de recursos para pagar os demais servidores de outras áreas.

06/01/2019 Fonte: Agora RN