Decisão do TJRN determina suspensão da greve dos policiais civis

 

Uma decisão liminar assinada pelo desembargador Saraiva Sobrinho, do Tribunal de Justiça do RN, determinou que a greve dos policiais civis seja suspensa a pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE).

A paralisação dos policiais civis teve início na quarta-feira, 26, e tinha como objetivo cobrar ao Governo do Estado o pagamento dos salários atrasados da categoria.

A presidente da Associação dos Escrivães de Polícia Civil, Carolina Campos, disse que não recebeu ainda a intimação e não se tem conhecimento do teor da decisão. “Até agora o que sabemos é que o TJRN determinou uma multa de R$ 15 mil por cada dia da paralisação”, comentou.

Na quinta-feira, 28, aconteceu uma reunião com a secretária de Segurança Sheila Freitas e integrantes do Sindicato dos Policiais Civis para que fosse apresentada uma proposta pelo Executivo ao pagamento dos débitos.

A proposta consistia em pagar só o 13º salário do ano passado aos policiais da ativa e foi rejeitada pela categoria em assembleia realizada na Central de Flagrantes.

28/12/2018 Fonte: Agora RN