73 municípios potiguares terão tropas federais no 2º turno


No primeiro turno, 97 cidades receberam reforço na segurança, mas como as eleições foram tranquilas, o número será menor agora e o processo de votação será mais rápido

 

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Glauber Rego, destacou que o número de tropas federais enviados ao Estado será menor nas eleições do segundo turno e também dará cobertura a um número menor de cidades, diminuindo de 97 para 73. Segundo Glauber Rego, será uma eleição mais rápida – com o primeiro voto para governador e o segundo para presidente – e, portanto, bem mais tranquila, com um número menor de filas.

Em entrevista ao Jornal da Cidade, na 94 FM, o desembargador Glauber Rego disse que está tudo pronto para o segundo turno, as urnas estão nos locais e todo o pessoal está programado e sabe o que fazer. “Faremos de tudo para que o eleitor vote rapidamente. Haverá uma diminuição de seis para duas telas – a de governador e a de presidente. Quem quiser fazer queixa sobre urna eletrônica, que faça logo no local de votação. Essa atitude de não falar e depois postas nas redes sociais não fica bem”, explicou.

Segundo Glauber Rego, a justiça está pronta para investigar tudo junto com a Polícia Federal e o Ministério Público. O desembargador esclareceu que a urna eletrônica é o método mais seguro de votação e este modelo brasileiro vem sendo exportado para o mundo inteiro. De acordo com o desembargador, a apuração será ainda mais rápida que no primeiro turno, quando o Rio Grande do Norte foi o primeiro Estado do Nordeste a concluir o processo e o 12º no Brasil. Para o segundo turno, Glauber Rego espera um trabalho ainda mais rápido e eficiente.

Ao todo, 30 mil mesários trabalharão na eleição do segundo turno e o presidente do TRE recomenda que nenhum deles vá com roupas que simbolizem as cores dos partidos que estão na disputa – justamente para evitar confusão. O número de pontos de transmissão de votos foi aumentado de 177 para 204. Por isso, a expectativa do desembargador Glauber Rego é de que até 20 horas o resultado final da eleição seja anunciado.

25/10/2018 Fonte: Agora RN