Assembleia Legislativa homenageia o poeta Hugo Tavares

 

No mês da Cidadania, como é considerado setembro no calendário brasileiro, o poeta e escritor Hugo Tavares Dutra, que através da sua poesia prestou relevantes serviços ao município de Santa Cruz, foi homenageado em Sessão Solene na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Também recebeu homenagens no ato prestigiado por autoridades, o Grupo de Escotismo de Santa Cruz.

“Um homem sempre presente e que, no final da vida, se intitulava o Google do Brasil”, afirmou em seu discurso, falando em nome da família, o sobrinho do homenageado, Paulo Augusto Tavares. Funcionário do IBGE, Hugo morreu em 2015 e deixou sua marca também como comunicador, tendo sido o fundador da Associação Rádio Comunitária de Santa Rita.

Hugo Tavares foi lembrado como defensor dos interesses das regiões Trairi e Potengi, incansável na luta pela implantação da Adutora Monsenhor Expedito. “Ele ajudou a construir o que Santa Cruz é hoje e deixou um legado de quem fez muito pelo município”, disse o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), prefeito de São Paulo do Potengi, Naldinho (PSD).

Convidado para a Sessão Solene que enalteceu a Cidadania, o juiz Jarbas Bezerra, criador do projeto Setembro Cidadão, destacou a importância da Cidadania. “A cada dez palavras que nós cidadãos falamos no dia-a-dia, em casa, numa festa, no trabalho, sempre falamos a palavra Cidadania”, ressaltou Jarbas Bezerra, lembrando o nome da advogada Lígia Limeira como parceira no projeto que já faz parte do calendário histórico do Estado.

27/09/18 Por ALRN