'Creme para embranquecer pele' coloca Nivea no centro de polêmica

 

A polêmica sobre o uso de cremes embranquecedores agora atingiu uma marca de cosméticos de alcance global.
A Nivea está sendo criticada por uma propaganda de um produto anunciado na Nigéria, em Gana, em Camarões e no Senegal.


Outdoors apresentam o hidrante "Natural Fairness" (clareza natural) com a ex-miss Nigéria, Omowunmi Akinnifesi, com os dizeres "para uma pele visivelmente mais clara".

 

O anúncio foi duramente criticado nas redes sociais, com mulheres dizendo que "esse não é o jeito certo de fazer propaganda na África" e "não queremos pele mais clara".

Entre os críticos da propaganda da Nivea está a modelo e ativista Munroe Bergdorf - que recentemente foi demitida de uma campanha da L'Oreal depois de criticar o racismo nos EUA.
Munroe compartilhou a propaganda em seu Instagram e disse que "não é ok perpetuar a noção de que pele mais clara é mais bonita" e que "é inaceitável fazer dinheiro fazendo com que outras pessoas odeiem a si mesmas".

20/10/2017 Por BBC BRASIL