Pleno condena prefeito por morte de assistente social


O advogado Flaviano Gama ao lado do acusado prefeito de Ielmo Marinho Germano Patriota

O Pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, na sessão extraordinária desta segunda-feira, 9, condenou o prefeito de Ielmo Marinho a 8 anos e dois meses de reclusão, pela morte da assistente social Regina Coelli de Albuquerque Costa, em um acidente de carro, ocorrido em outubro de 2004.

TV Santa Rita FM