Situação análoga à escravidão atinge 29,8 milhões de pessoas no mundo

 Existem atualmente no mundo 29,8 milhões de pessoas em situação análoga à escravidão. A África e a Ásia, de acordo com o documento, são os continentes com a maior incidência e prevalência de pessoas nessa condição. Somadas, a Índia, China, o Paquistão, a Nigéria, Etiópia,  Rússia, Tailândia, o Congo, Myanmar e Bangladesh têm 76% do total mundial, cerca de 22,6 milhões de pessoas.

TV Santa Rita FM