Relator do mensalão diz que condenados não terão direito a prisão especial

Os réus condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão, não terão direito a prisão especial, segundo disse nesta terça (13) o ministro Joaquim Barbosa, relator do julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF). Após visita aos presidentes da Câmara, Marco Maia, e do Senado, José Sarney, Barbosa respondeu a jornalistas que réus condenados não têm direito a esse benefício.

TV Santa Rita FM